CLIK E OUÇA A PIONEIRA DA REGIÃO " WEB RÁDIO JONET BRASIL - A SUA RÁDIO PELA INTERNET 24 HORAS COM VOCÊ! Custódia News: POLÍTICA - Pesquisa: deputados usam cota parlamentar para pagar seus financiadores
Tendência

COMPRE AQUI

TV JONET BRASIL

Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado.

Redes Sociais

Web Rádio Custodia News

BAIXE E OUÇA NO SEU COMPUTADOR Escolha o player de sua preferência

CURTA A NOSSA PAGINA

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

POLÍTICA - Pesquisa: deputados usam cota parlamentar para pagar seus financiadores

No total, entre 2013 e 2017, foram gastos R$ 7,45 milhões em verbas públicas com empresas que doaram de volta R$ 3,3 milhões

Pesquisa: deputados usam cota parlamentar para pagar seus financiadores
Em tempos de reforma política, quando temas como a proibição do financiamento empresarial de campanhas voltam à tona, o cientista Leonardo Sales resolveu fazer o cruzamento de dados sobre os gastos pagos pelos deputados com a cota parlamentar e as doações recebidas por eles.
Os números foram fornecidos pela Câmara e pelo Tribunal Superior Eleitoral, de acordo com informações da Folha de S. Paulo. Foram analisados, segundo o pesquisador, 68.978 registros de doações e 793.463 de despesas pagas pelas cotas parlamentares.
Conforme a própria Câmara, cada deputado tem direito a cerca de R$ 40 mil mensais, para usar em gastos "exclusivamente vinculados ao exercício da atividade parlamentar".
O resultado mostra que 108 dos 513 ocupantes da Câmara - um em cada cinco - usaram a cota parlamentar, ou seja, o dinheiro público, para pagar empresas que, posteriormente, realizaram doações a estes mesmos deputados.
Os dados se referem ao ano de 2014 e, embora naquela época ainda fosse permitido que pessoas jurídicas pudessem fazer doações a políticos, o doutor em direito e especialista em financiamento eleitoral Bruno Carazza afirma que a prática evidencia os vícios da relação público-privada no Brasil.
No total, entre 2013 e 2017, foram gastos R$ 7,45 milhões em verbas da cota parlamentar com empresas que doaram de volta R$ 3,3 milhões.
Na avaliação de Carazza, o levantamento de Sales aponta para o uso da cota parlamentar em benefício próprio ou dos seus financiadores.
"Trata-se de uma forma de corrupção de dimensões menores que a da Lava Jato, mas igualmente condenável. A ciência de dados será uma arma poderosa para aumentar a cobrança sobre políticos e autoridades dos Três Poderes", destaca Bruno Carazza.

Seguidores

Tudo Sobre Futebol

Montagem criada Bloggif

Postagens mais visitadas

TWITTER/ JOESPORTES

A ESCRAVA ISAURA CAPÍTULO -92

BLOGUEIROS DO BRASIL

Motos

Montagem criada Bloggif

Gráfica

Montagem criada Bloggif

Notícias

Tempo agora

Notícias

Tempo agora

Escreva para o blog

foxyform

Leia a Biblia

Loterias

Dicionário

TV CUSTÓDIA GOSPEL

Postagens populares

Traduzido Por: JOSÉ ORLANDO - Designed: Blogger Templates - Curioso Curiosidades